Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » Higiene e Segurança no Trabalho

Por: Vanderlei Moraes


No ponto de vista da Administração de Recursos Humanos, a saúde e a segurança dos empregados constituem uma das principais bases para a preservação da força de trabalho adequada”. De modo genérico, Higiene e Segurança do Trabalho constituem duas atividades intimamente relacionadas, no sentido de garantir condições pessoais e materiais de trabalho capazes de manter certo nível de saúde dos empregados. Segundo o conceito emitido pela Organização Mundial de Saúde, a saúde é um estado completo de bem-estar físico, mental e social e que não consiste somente na ausência de doença ou de enfermidade.
Objetivos da Higiene do Trabalho

A higiene do trabalho ou higiene industrial, como muitos a denominam, tem caráter eminente preventivo, pois objetiva a saúde e o conforto do trabalhador, evitando que adoeça e se ausente provisória ou definitivamente do trabalho.


Condições Ambientais de Trabalho

Por condições ambientais de trabalho queremos referi-nos às circunstâncias físicas que envolvem o empregado enquanto ocupante de um cargo, na organização. É o ambiente físico que envolve o empregado, enquanto ele desempenha um cargo. Os três itens importantes das condições ambientais de trabalho são:

- Iluminação,
- Ruído e
- Condições atmosféricas.

Segurança no Trabalho

Segurança do Trabalho é o conjunto de medidas técnicas, educacionais, médicas e psicológicas empregadas, visando prevenir acidentes quer eliminando as condições inseguras do ambiente, quer instruindo ou convencendo as pessoas da implantação de práticas preventivas. Seu emprego é indispensável para o desenvolvimento satisfatório do trabalho. É cada vez maior o número de empresas que criam seus próprios serviços de segurança. Dependendo do esquema de organização da empresa, os serviços de segurança têm a finalidade de estabelecer normas e procedimentos, pondo em prática os recursos possíveis para conseguir a prevenção de acidentes e controlando os resultados obtidos.

Muitos serviços de segurança não obtêm resultados, e até mesmo fracassam, porque não estão apoiadas em diretrizes básicas bem delineadas e compreendidas pela direção da empresa, ou porque não foram devidamente desenvolvidas em seus aspectos.

Lembro que além de trazer ótimo retorno, a boa situação de higiene no ambiente do trabalho e a proteção dos colaboradores é protegida por lei, então fiquemos atentos.

Segue: Art. 157 da CLT.
 
I - cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho; (Incluído pela Lei nº 6.514, de 22.12.1977)

II - instruir os empregados, através de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes do trabalho ou doenças ocupacionais; (Incluído pela Lei nº 6.514, de 22.12.1977)

III - adotar as medidas que lhes sejam determinadas pelo órgão regional competente; (Incluído pela Lei nº 6.514, de 22.12.1977)

IV - facilitar o exercício da fiscalização pela autoridade competente. (Incluído pela Lei nº 6.514, de 22.12.1977


¹Vanderlei Moraes: Administrador de Pessoal especializando em Gestão de Pessoas.

Postador Vanderlei Moraes

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal