Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » » Qual é a hora certa para pedir aumento de salário?

Coach executiva dá dicas aos profissionais que desejam ampliar seus ganhos no trabalho.

Por Rômulo Martins

O universo corporativo conspira a favor daqueles que pleiteiam maiores rendimentos. É o que aponta uma pesquisa realizada pela consultoria norte-americana Grant Thornton. Segundo o levantamento 85% dos empresários brasileiros pretendem aumentar o salário dos seus colaboradores este ano.

Conforme Daniela do Lago, coach executiva e professora dos cursos de MBA da Fundação Getúlio Vargas, o profissional deve batalhar por ganhos mais altos. ?Para isso é fundamental que você faça mais.?

Assista o vídeo sobre aumento de salário!





Fazer mais, explica Daniela, significa realizar além daquilo que foi acordado para você receber o salário atual. ?Uma dica é responsabilizar-se por uma atividade que ninguém quer. Pode ser uma excelente oportunidade.? Quando os esforços começarem a dar frutos é o momento de conversar com o chefe.

Fatores a serem avaliados 

Entretanto, antes de encarar o chefe para solicitar o tão esperado aumento salarial é necessário avaliar o humor dele e o clima na empresa. ?Final de mês, geralmente período de entrega de metas, não é o momento adequado para a ocasião?, avisa a coach Daniela do Lago. A recomendação é marcar um horário em que o chefe está menos atarefado.

Outro aspecto a ser analisado é o faturamento da organização. ?Se a empresa vai mal das pernas é preciso reavaliar o momento exato para pedir aumento?, diz Daniela. Ela ressalta que é necessário também prestar atenção na política de aumento de salário da organização. ?Algumas empresas demoram seis, oito meses até um ano para conceder aumento.?

Cara a cara com o chefe

Segundo Daniela, o profissional deve ser objetivo ao pedir aumento salarial. Primeiramente, deve apresentar as atividades que realiza e os resultados alcançados. Com os argumentos em mãos é hora de pedir aumento. ?O máximo que o seu chefe vai dizer é não.?Nesse momento, afirma a coach, você deve partir para a negociação. A orientação é questionar o que ainda precisa ser feito e em quanto tempo para ter direito a rendimentos maiores. Daniela ressalta que caso o chefe se mostre inflexível - mesmo quando os resultados alcançados por você forem comprovados - a alternativa é ?aquecer o currículo no mercado?.

Matéria relacionada:
Quer ganhar mais?

Siga nosso post no Twitter: @gp_portal







Postador Vanderlei Moraes

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal