Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » A CIDADANIA NA ERA DE AQUARIUS !!!


O Brasil vive hoje um novo tempo. Inflação sob controle (pelo menos se comparada à inflação anterior ao Plano Real), taxas de desemprego em queda, poder aquisitivo médio aumentando cada vez mais, ganhos reais nos reajustes coletivos, ou seja, o trabalhador brasileiro está prosperando, saindo da corrida dos ratos, deixando o vício cíclico de gastar tudo aquilo que ganha pagando sua sobrevivência, está começando a sobrar dinheiro para poupar.
Será ??? Sentimos isso em nossos bolsos, tanto trabalhadores como também os empresários, sabemos sim que a renda do trabalhador está cada vez maior.

Por outro lado, recebemos chuvas de informações divulgadas insistentemente na mídia aberta sobre o aumento dos programas de ajuda governamental às famílias carentes, aumento das instituições e valores repassados à elas para acabar com a pobreza e miséria no Brasil.


Puxa, algo está errado na terra de Atlantis !!!


Como realidades tão antagônicas podem co-existir como parceiras em um mesmo lugar? Serão irreais as informações, os números, será que nossos bolsos estão mentindo pra gente? Ou será que existem sempre os brasileiros dando um “jeitinho” de ganhar um pouquinho mais? Aqueles que pensam que, se os políticos podem porque nós não? Que exibem com orgulho e satisfação a imagem de grande espertalhão, por fazer “acordo” e receber seguro desemprego trabalhando sem carteira assinada? Onde está a cidadania, o respeito pelo alheio, a consciência de retidão e justiça? A vontade de servir como exemplo ao filho, sobrinho, neto? Será esse o exemplo que devemos passar aos nossos descendentes, deixando assim a herança perpétua do “jeitinho brasileiro”, da malandragem?


Fico muito triste ao refletir e confirmar que minha ignorância é muito maior que a complexidade de entendimento das pessoas, dos trabalhadores, dos cidadãos brasileiros. Será que nós, profissionais estamos fazendo o máximo que podemos para desenvolvermos a educação cidadã em nossos liderados, será mesmo que conseguimos influenciar pessoas a ponto de abrirem mão de alguns pequenos benefícios em troco de um bem maior?


Fica a dica: Pensemos, reflitamos, analisemos e tentemos achar as respostas, mesmo que essas respostas sejam, no mais íntimo de nosso ser, a exposição total e completa daquilo que lutamos tanto para esconder.


Ah! Quase ia me esquecendo, assim que conseguir achar as respostas, compartilhe conosco.


Um grande abraço à todos,

Postador Eudes Vargas

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

6 comentários:

  1. Muito Bacana !!! muito difícil explicar as regras deste jogo de interesses...

    ResponderExcluir
  2. BACANA... ÓTIMO ARTIGO... PARABÉNS !!!

    ResponderExcluir
  3. Do meu lugar de educadora, como mãe, avó, mestra e cristã, ressalto, no artigo, o que posso chamar de "raciocínio cidadão: consciente, solidário e responsável". E ao autor, que conheço e estimo, desde menino, registro aqui minha alegria e admiração... se em nossas famílias, os pais começarem por pensar e agir assim refletidamente no bem-comum, através de nossos descendentes, com certeza melhoraremos, senão a macro, um tiquinho da micro sociedade... a parcela que a cada um de nós cabe para a construção da justiça, da paz e do bem, no mundão em que vivemos.
    Está valendo, Eudes! Continue!

    ResponderExcluir
  4. Educação e respeito começam em casa e independe do que acontece ao redor, gosto de crer que há esperança, não no antro político, mas nos verdadeiros seres humanos, nós. Ótimo artigo!

    ResponderExcluir

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal