Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » A SOCIEDADE ATUAL E A SAÚDE EMOCIONAL




Muito tem se falado em sociedade do conhecimento e das mudanças que trouxe para o mundo. Mudança essa nunca antes ocorrida, superando até mesmo, para alguns, o impacto da Revolução Industrial no mundo.

O conhecimento é algo que pela sua própria natureza, é mutante. A sociedade atual está sofrendo infinitas e irreversíveis transformações. Isto porque conhecimento é o saber que gera saber transformado. É a capacidade do indivíduo imprimir seu ‘DNA’ naquilo que cria.

Pela primeira vez na história, a terra, os bens materiais (ou tangíveis), o sobrenome familiar, não possuem tanto peso. Passaram a segundo plano, mas sem deixar de terem a sua importância. Uma ideia*, dadas certas ponderações, pode transformar a vida do seu autor. Alguém simples pode se tornar um dos homens mais ricos do mundo. Alunos, até então considerados medianos, tornam-se famosos e milionários. Uma empresa pode se expandir e criar filiais no mundo todo possuindo apenas uma dúzia de colaboradores. Um simples funcionário pode ter seu salário quadriplicado e passar a ser disputado por grandes empresas, através da aplicação de uma ideia*.

As empresas atualmente tem valorizado muito mais o funcionário que sabe se relacionar, liderar e tomar iniciativas, do que aquele que possui muitas vezes boa formação, fala vários idiomas, mas que não contém características oriundas da saúde emocional. Isto porque, a formação didática pode ser oferecida a qualquer pessoa, ao passo que àquelas outras é 'produto raro no mercado'.

A sociedade do conhecimento dá oportunidade à todos. A pessoa rica ou pobre, branca ou negra, mulher ou homem, jovem ou idoso, todos podem ser protagonistas nesta nova ordem organizacional. São os talentos humanos que comandam e irão comandar muito mais nos próximos anos.

Uma única palavra pode definir esta nova sociedade: transformação. Uma ideia* criada neste instante, em outra mente, em segundos, será outra com uma infinidade de possibilidades.

É a era das oportunidades, do crescimento, da expansão, da criação e multiplicação. É a mudança constante, radical, infinita. É o poder da tecnologia, a rapidez da informação, a genialidade da criação potencializada pela industrialização. É acelerado, dinâmico, inovador, empreendedor, inteligente, eficaz, multifuncional, transformador.

Mas a nova sociedade também é instável, insegura, radical, tecnológica, impessoal, especializada, conflituosa, egoísta, insensível, impiedosa, fragilizada.

Neste ponto desponta a saúde emocional. A importância dela? A resposta pode até parecer simplista, mas não é. É objetiva: a saúde emocional viabiliza o conhecimento. É como se ela fosse o canal. Sem ela o conhecimento não se torna eficaz.

E o que é saúde emocional? Mais uma vez a resposta será objetiva, mas não simplista: Saúde emocional é a medida exata de todas as coisas.

Imagina-se que o conhecimento seria os trens, metrôs de uma grande cidade e a saúde emocional seria os múltiplos sistemas de computadores que governam os trens, a sinalização, o sistema de ar, sistema eletrônico, os mapas, as vias por onde passam os vagões.

Não adianta todo o conhecimento, informação, capacitação, criatividade**, formação, genialidade, se não houver sabedoria, discernimento na aplicação de tudo isso.

Porém, ironicamente, ou não, vive-se o século das depressões, das angústias, dos desequilíbrios, das dependências químicas. Ironicamente, ou não, o ser humano em meio a tantas possibilidades, também vive um presente conturbado.

O humano necessita estar em equilíbrio para expressar corretamente suas ideias*, para se relacionar com outros, para solucionar conflitos e manter a estabilidade quando estes ocorrem. Necessita de ética, valores, princípios fortes e estruturados.

Pensamento... Mente... Cérebro... Conhecimento. O que deve ocupar o pensamento para se ter saúde emocional? Tudo que seja, bom, verdadeiro, honesto, justo, puro, amável e de boa fama. A mente é a melhor parte do corpo, pois comanda todo o restante dele. Por isso ela é tão preciosa. Cuidar da mente é cuidar de um tesouro!

Pensamentos do grande cientista e do grande psicólogo fazem entender a lógica humana:

“O homem erudito é um descobridor de fatos que já existem, mas o homem sábio é um criador de valores que não existem e que ele faz existir.” Albert Einstein.

“O pensamento é o ensaio da ação.” Sigmund Freud.

Um brinde à sociedade do conhecimento! Um brinde à mente, ao pensamento, um brinde à saúde!

Raquel Michelline

*Ideia: é a matéria-prima do trabalho humano, seja ele qual for. É originária da criatividade e da liberdade de pensar e falar.

**Criatividade: novas ideias. Empresas importantes e competitivas necessitam que cada profissional seja um idealizador, um inovador.

Postador Raquel Michelline

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. Vivemos em um século em que a saúde mental se torna tão essencial quanto a saúde física. E este artigo retrata muito bem isto quando fala sobre ideia e as exigências da mesma sobre o ser humano.

    Parabéns pelo artigo.

    ResponderExcluir

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal