Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » » O que você quer ser quando crescer?

Eu tenho certeza que muitos de nós já passamos por esse questionamento em algum momento de nossa vida. Seja na nossa infância em brincadeiras com os nossos pais, tios ou irmãos mais velhos, em um momento de crise em nossa carreira profissional quando nos questionamos se estamos seguindo o caminho certo, ou até mesmo antes de decidir qual curso universitário fazer antes de prestar o vestibular.

A simplicidade dessa pergunta muitas vezes não é encarada com a potencialidade e significado que ela tem, e responder a essa e outras perguntas, é parte de um ciclo que abrange diversos aspectos de nossa vida pessoal e profissional (se é que existe essa “divisão”).

Vejamos.

Após alguns anos de estudos que nos darão o passaporte para uma selva desconhecida chamada empresa (aqui estou falando do ensino superior), veremos que passar grande parte do nosso tempo em um trabalho que não traga sentido para a nossa vida, não será tão gratificante se este não estiver alinhado com algo maior, ou seja, uma “missão” de vida.

Você já parou para pensar no motivo de sua existência? No por que você existe e qual o seu papel no mundo? Você já sentiu em si mesmo qual a sua missão de vida?

Acredito fielmente que todos nós temos um papel a cumprir no mundo e que este papel é a chave para a nossa felicidade e sucesso.

O autoconhecimento é a principal ferramenta para a compreensão da nossa missão, e ele deve ser usado repentinamente para a compreensão e definição dos objetivos e estratégias que serão alinhadas à nossa missão.

Deixar-nos viver pela dinâmica do mundo sem pensar, planejar e ter domínio sobre as situações que estão ao nosso alcance pode ser prejudicial ao nosso ser.

E como podemos definir missão?

“Segundo Michael Porter (considerado o pai da estratégia), a missão define o propósito da empresa, a razão de sua existência e como deve ser seu posicionamento perante o negócio definido. É aplicada para caracterizar quem é a empresa e para que serve (finalidade).”

No ponto de vista de missão pessoal, gosto de definir da seguinte forma:

“A missão é uma condição permanentemente intrínseca ao que fazemos e somos. Sobre ela nascem as demandas que podemos atender e o valor que geramos para a sociedade.”

Ficou fácil após a definição? Acredito que não, e posso dizer que descobrir a nossa missão é uma das tarefas mais difíceis que possamos enfrentar.

Nossa missão está atrelada intimamente aos nossos valores e atitudes, e só não a percebemos facilmente, por falta da existência de uma ligação forte com o nosso interior, ou seja, falta o autoconhecimento.

Falando no aspecto empresarial, a missão do Google é reunir todas as informações do mundo em um único lugar. A missão da Nike é experimentar a emoção da competição, vencendo e esmagando os competidores. A missão da Disney é fazer as pessoas felizes.
Falando no aspecto pessoal, a missão de um médico é salvar vidas, a missão de um professor é divulgar conhecimento, a missão de um policial é levar segurança para a sociedade, a missão de um engenheiro é desenvolver projetos que contribuam para o desenvolvimento da sociedade.

Estes são alguns exemplos para inspiração.

Quero deixar algumas questões para vocês pensarem sobre a sua missão de vida.

O que eu faço com naturalidade?
O que as pessoas dizem que é característica única minha?
Quais as minhas reais preocupações e o que de fato elas implicam nas minhas atitudes?
O que eu quero?
O que eu posso realizar?
Onde minhas qualidades, talento e energia produzirão os melhores resultados?

Ao descobrir a sua missão, você encontrará o verdadeiro motivo da sua existência e alinhando-a com o seu trabalho, perceberá que os desafios, as barreiras, as dificuldades, bem como as conquistas e alegrias, serão vistas e sentidas de outra forma.

Não deixe de ser você mesmo!

Postador Francisco Albuquerque

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal