Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo:

Delivered by FeedBurner

» » » » Como gerar a guia do FGTS complementar

Durante as rotinas do Departamento Pessoal várias vezes nos deparamos com situações que julgamos complicadas, mas se bem estudadas percebemos que são bem mais simples do que imaginamos. 

Fui questionado por uma leitora do Portal de como seria o procedimento para geração de uma guia complementar do FGTS. Eu particularmente utilizava um processo um pouco mais complicado, que não vem ao caso agora. Mas com o auxílio da Zenaide Carvalho pude perceber o quão simples é o processo e aproveito para descrevê-lo abaixo.

Eis a situação; Feito o fechamento da folha de pagamento e recolhido os encargos (FGTS, INSS)  percebe-se que as Guias de INSS e FGTS foram geradas "a menor". Como proceder para transmitir uma GFIP correta e gerar as Guias complementares de INSS e FGTS?

Vamos aos Passos:

1° Preencha novamente o SEFIP com os dados da empresa e dos empregados;

2° No Campo "Remuneração sem 13°" coloque o valor referente a diferença do FGTS;


3° Logo abaixo assinale a opção "SIM" em "Remuneração Complementar para o FGTS";


4° No campo "Base de cálculo para a previdência Social" Informe o valor total da folha de pagamentos para que a GFIP seja transmitida com o valor correto do movimento;


5° Feito esse processo clique em Salvar para armazenar os dados;


6° Pronto, agora faça a simulação;


Confira os dados em - Relatórios - Movimento - GRF e veja se a Guia do FGTS saiu apenas com a diferença. Confira também os dados em - Relatório - Movimento - Comprovante de declaração à Previdência, veja se os dados da GFIP estão constando como salário integral, se sim, estará tudo "OK" e podemos clicar em "EXECUTAR" e transmitir o arquivo.

7° Transmitido o arquivo imprima a guia do "FGTS" complementar, a guia do INSS deve ser desconsiderada neste processo, pois teremos que gerar outra com a diferença.

8° Acesse o Site do DataPrev 
Preencha com os dados da empresa - CNPJ ou CEI - Clique em Obter dados Cadastrais e em Continuar;

9° Tenha em mãos a guia do INSS recolhida juntamente com a nova GFIP apresentada, a guia de INSS a ser gerada será com base na diferença entre elas; A seguinte tela se abrirá:


Os dados referente ao Código de Pagamento e Competência devem ser iguais aos da guia recolhida. No campo "Valor" coloque a diferença entre os valores principais da guia do INSS recolhida e da GFIP, o mesmo procedimento se dará para o campo "Valor de Outras entidades".  

No campo código do pagamento, selecione a opção do código utilizado na transmissão da GFIP, coloque a data de vencimento, Clique em Calcular Contribuição, uma tela com o valor da guia irá se abrir. Clique em "Gerar Guia", imprima e faça o recolhimento.

Sugiro que ao término do processo sejam impressos: Protocolo de Transmissão do SEFIP e a nova GFIP. Recolhidas as guias complementares deixe-as anexadas com as primeiras guias recolhidas.

Abraço e até a próxima.

Postador Vanderlei Moraes

Vanderlei Moraes, cursa MBA em Gerenciamento de Prjetos pela FGV, MBA em Desenvolvimento de talentos e formado em Administração pela UEPR. Tem 26 anos, gosta de uma boa conversa, organizado, curioso e nada conservador. É criador, administrador e autor no Portal Gestão de Pessoas.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

8 comentários:

  1. Parabéns pelo artigo, muito bem explicado. Muito bom o Site também, sempre que puder estarei visitando.

    ResponderExcluir
  2. Ainda ontem eu estive procurando algo parecido em tutorial, mas só havia encontrado no Manual do SEFIP.

    Abordado dessa forma fica bem prático, com os passo então pra quem é iniciante é uma mão na roda.

    ResponderExcluir
  3. e como ajuda estas informações.... estou iniciando e me sinto aliviada em saber que este assunto não é tão complicado quanto parece, graças a GPortal, vcs são demais. PARABÉNS!E SUCESSSO!
    ESTAMOS LIGADOS EM VCS.

    ResponderExcluir
  4. O loco, assim fica fácil mesmo.

    continue postando artigos assim que vocês vão longe.

    Abraço e obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda tenho uma dúvida, aconteceu esse problema no mês de novembro, onde tenho que informar a 1ª parcela do 13º salário, quando preencho desse modo como vc explicou e que está no manual da Gfip também , não dá certo, pois o programa calcula o valor que cabe ao 13º. Estou pensando quem deixar zerado esse campo da remuneração do 13º salario para obter a diferença a recolher e depois fazer uma nova retificadora com modalidade 09 para todos informando o 13º do funcionário.Faço correto desta forma?
    Responda-me por favor.Fica com Deus.Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. sou eu novamente, só para explicar, ao lê com mais atenção o manual da Gfip(8.4) encontrei a minha resposta no tópico AtençÃo do subitem 8.1 do Capitulo I, em todo caso sua matéria é muito interessante.Atenciosamente.

    ResponderExcluir
  7. Vanessa não vejo necessidade de se utilizar valor na aba do 13°, à não ser que você tenha feito o recolhimento a menor, afinal para efeito de GFIP não tem problema pois a primeira parcela do 13° não é transmitida pois geramos uma de COMP. 13.

    Att

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Gostaria poder saber, se é possivel receber através de email o extrato do FGTS e GFIP, de uma empresa que trabalhei há muitos anos?


    Abraço!

    ResponderExcluir

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal