Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » » » Por que as pessoas acreditam cada vez menos nos processos de Gestão de Pessoas?

Por que as pessoas acreditam cada vez menos nos processos de Gestão de Pessoas?

Na semana passada quando terminei de escrever o artigo sobre autoestima fui criticada por um familiar. Segundo a crítica, todas as teorias de gestão, especialmente as de pessoas que são pouco tangíveis para as organizações, estão fadadas ao fracasso e não saem do papel.

Pensei durante toda a semana: Então, para que estudar, tentar compreender o ser humano, elaborar teses de mestrados e pesquisas, se no final a visão que as pessoas têm do nosso engajamento é pura utopia?

Por outro lado, desacreditar no sonho que sempre cultivei de vivenciar a evolução das Organizações, valorizando as pessoas como seu principal “Ativo”, transformando-as em Capital Humano e não um número, está totalmente fora do meu planejamento de vida.

Acreditar que só conseguiremos empregar todas as bases teóricas, na prática, sendo donos da nossa própria Empresa também não me convence. Quantos empresários conhecemos, que já foram empregados, e se esqueceram de todas as dificuldades desse tempo, apenas por hoje terem uma condição social e financeira melhor?

Melhorar a qualidade de vida das pessoas, trata-las com respeito e educação, engaja-las no processo de decisão da Organização, valoriza-las como ser o humano, assim como as suas famílias é algo que ultrapassa a cultura individual de ser ou não dono do próprio negócio.

É uma questão de atitude bilateral. Trata-se de um processo de ser gente. De continuar lutando e fazer a sua parte para que as pessoas te percebam como “Capital Humano”, dentro e fora da Organização, do seu Bairro, da sua Cidade e do seu País.

Quer ser reconhecido? Batalhe por isso. Quer ser tratado diferente? Haja de forma substancialmente diferente (para melhor é claro!)! Quer ser respeitado? Comece respeitando a si próprio, não traindo suas convicções nem se deixando abater por um contexto que não te agrada e, depois, respeito o seu próximo e o próximo dele também.

Falar que tudo dá errado é mole! O difícil é contribuir para que dê alguma coisa certa! Arregace as mangas e comece a se mostrar ao mundo! Coloque sua autoestima para cima e carregue aqueles que não a tem de carona com você! A maneira como você se vê será como o mundo te enxerga.

Ate semana que vem!

Postador Dea Pacheco

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal