Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» »Unlabelled » Os loucos merecem a nossa atenção

Por Leonardo Marioto

Sempre digo em meus artigos a importância de fugirmos aos padrões estabelecidos pela sociedade em que estamos inseridos. Esta fuga nos projeta, seres humanos, para um mundo novo a ser descoberto. Eu tenho fascinação por todas as pessoas e criadoras de caso que, na maioria das vezes, são vistas como loucas por outrem.

Como no vídeo de Steve Jobs ‘’ Pense diferente’’, ele também apóia estas idéias e pessoas que fogem da estrutura básica de como se portar diante dos fatos. A alienação contamina o ambiente e é reforçada por reportagens chulas que projetam sua opinião sobre determinados assuntos, por isto, é de extrema importância que você tenha consciência de suas fontes de informações. Espero cada vez mais que nossas mentes brilhantes que batem fora do bumbo surjam para dar mais brilho ao mundo, para criar novas maneiras de se fazer e de se portar. Que nossos criadores de casos brilhem na estrutura da sociedade. Que cada vez mais pipoquem indivíduos ‘’anormais’’ para que regras sejam quebradas, para que a burocracia seja vencida neste mundo rodeado por normas. Regras existem para serem quebradas, normas existem para serem rompidas, a moral existe para ser desmoralizada e a cultura existe para ser modificada. Que vivam mais o que a sociedade diz ser loucos, que acreditam que possam modificar o ambiente e o mundo em que vivem, pois só assim o mundo conseguirá caminhar para um futuro brilhante.


Claramente tudo isto, tem de ser feito de maneira INTELIGENTE, por isso, o texto não se trata de insanos, mas sim de pessoas que são capazes de derrubar a burocracia para agregar algum valor aos seus trabalhos e seus feitos. Que a vida proporcione coragem aos sujeitos irregulares para que eles possam criar inovações e que suas criatividades brilhem na estrutura. Por isto nossos loucos e loucas merecem nossas atenções, merecem oportunidades para que eles possam colocar em prática o que acham que deve ser feito. Assisti a uma palestra onde foi comentada uma história muito interessante em um hospital, onde pessoas quebraram regras e propiciaram um mundo melhor aos que estavam ali presente. Uma das histórias era contada por um empregado que lavou duas vezes o chão do quarto de um paciente, pois o pai do enfermo não tinha visto a primeira lavagem e por este motivo estava zangado. Isto demonstra amor ao próximo e responsabilidade pelo trabalho. Esta pessoa não seguiu sua cartilha a risca, mas conseqüentemente a isto, fez de um pai onde seu filho estava muito doente, se sentir melhor. Os loucos sabem improvisar, sabem procurar alternativas para a realização de seus trabalhos, e se sobressaem diante dos indivíduos normais programados como robôs.

O estranho me atrai. As pessoas loucas me atraem. A loucura me atrai. Os esquisitões e as esquisitonas me despertam paixões. Pessoas com atitudes fora do normal e que sustentam estas atitudes me fascinam. Fascinam-me, pois fogem dos padrões, e não é nada fácil conseguir fugir dos padrões e sustentar este lugar, tem que ser muito homem ou mulher para isto. Minha busca também é esta, viver ao meu modo, e que seja estranho aos olhos de muitos. Você não precisa de aprovação para ser você mesmo. Você, aliás, nunca irá conseguir esta aprovação, muito menos se sustentar um lugar só seu e que fuja do que foi determinado pelas etiquetas da sociedade.

Indico neste artigo dois vídeos a serem assistidos. O primeiro um vídeo simples de Steve Jobs. O segundo é uma palestra sobre a nossa perda de sabedoria. Dois grandes homens que dão um novo conceito de mundo para a sociedade.

Mais artigos do mesmo autor disponíveis em: www.leonardomarioto.com

Postador Leonardo Marioto

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal