Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » » » » O que é Gente Mais?




Por Gerson Rodrigues

Você já é QUEM gostaria de ser? Já alcançou os níveis de felicidade e realização que sempre sonhou? Já experimentou aquela pequena medida de paz que MUITOS almejam, porém poucos  realizam? 


 Se suas respostas às perguntas introdutórias é SIM, Parabéns! Você faz parte de um seleto e invejado grupo de pessoas. Ao ler este artigo, entenderá como chegou a tal patamar. Entretanto, se respondeu NÃO aos questionamentos levantados por este autor, tranquilize-se, pois as próximas linhas evidenciarão um norte, um caminho a ser perseguido com todas as suas forças.


 Agora, imagine uma pessoa especial, que seja extremamente bem resolvida. Nela, fatores como autoestima, autoimagem, autoconhecimento, autogestão e todo relacionamento intrapessoal estão em níveis muito acima da média. Percebe-se felicidade no olhar deste ser humano. Como se não bastasse isto, ela é capaz de imprimir relacionamentos sólidos e valorosos, onde o respeito, a ética, a educação, a comunicação transparente, o carinho, a afetuosidade e tantos outros valores relevantes são percebidos em seus contatos. Percebe-se também que ela tem uma habilidade singular em lidar com os ambientes onde vive. Ainda mais, esta pessoa diferenciada faz acontecer, pois apresenta evidências palpáveis em todas as esferas de sua vida de realizações importantes e consolidadas.


 Utopia? Nem tanto! Estou falando de um tipo de pessoa que podemos denominar como GENTE MAIS. Gente porque é um ser humano equilibrado e bem resolvido, tanto em suas inteligências intrapessoal quanto interpessoal e ainda contextual. Mais... porque é um indivíduo com capacidade singular de agregar, somar, multiplicar, ou seja, gerar resultados.
Ao longo de anos estudando, pesquisando e principalmente experimentando a convivência com pessoas dos mais variados níveis,  classes e segmentos, pude observar substancialmente o comportamento humano e inferir conclusões valorosas sobre o que é de fato o ser humano GENTE MAIS. Ficou evidente, ao longo de todos esses anos, que o padrão GENTE MAIS está sustentado em um tripé que passei a chamar de TRILOGIA GENTE MAIS. Esta trilogia especial fundamenta-se em três elementos a saber:


• Equilíbrio


• Performance


• Resultados


Quando concluir minha argumentação a partir dessas habilidades essenciais, creio que VOCÊ poderá compreender de forma clara e irrefutável o que é uma pessoa GENTE MAIS. Mais do que isto, conseguirá implementar ações para tornar-se um indivíduo GENTE MAIS, seja em seu trabalho, na sua família, na sua vida enfim.


Partindo do princípio: EQUILÍBRIO. 


Se observarmos com mais atenção, iremos concluir que em tudo, absolutamente tudo no universo, o equilíbrio é fundamental. A vida sustenta-se no equilíbrio. Todos os sistemas que contemplam a natureza funcionam dentro de um equilíbrio sustentável. Quando o desequilíbrio acontece, surge o que chamamos de insustentabilidade.  O próprio sistema humano é uma composição de inúmeros subsistemas que atuam no mais perfeito equilíbrio. 


E o que é uma pessoa em equilíbrio? Primeiro e mais importante aspecto da trilogia GENTE MAIS, o EQUILÍBRIO humano é um amálgama que envolve três tipos de relacionamentos: O relacionamento intrapessoal, o interpessoal e o relacionamento contextual. Quando falo em relacionamento intrapessoal, estou me referindo há alguns aspectos imprescindíveis para a qualidade da relação de um indivíduo com ele próprio: Autoestima, autoimagem, autoconhecimento, autogestão, ecologia, comunicação interna, tipo de linguagem que usa consigo, e todas as demandas que envolvem a construção de uma pessoa bem resolvida e equilibrada internamente. Já o relacionamento interpessoal diz respeito aos elementos que compõem a capacidade de uma pessoa em estabelecer conexões com seus semelhantes. Aspectos como: comunicação, ética, transparência, empatia,  e tantos outros valores que influenciam as relações humanas. Já o relacionamento contextual tem a ver com a capacidade de um indivíduo em se relacionar com o meio ambiente onde  está inserido.


Para o modelo Gente Mais, uma pessoa em equilíbrio é aquela que desenvolve um relacionamento intrapessoal de qualidade, é bom em lidar com seus semelhantes, ou seja, seu relacionamento interpessoal é proativo e construtivo e contribui para que os ambientes onde atua  tornem-se melhores.


Performance está plenamente vinculada ao comportamento. E o que é o comportamento? O melhor conceito que já encontrei para esta palavra é: “Comportamento é qualquer ação de um organismo vivo.” Pensando por este viés, quero me transportar para a abordagem do modelo Gente Mais. O que vem a ser performance então? Por esta ótica, performance é o chamado COMPORTAMENTO IDEAL. Comportamento ideal é aquela atitude que leva aos objetivos. E para tal, sustenta-se em procedimentos que possuem métodos claramente definidos. Aqui, responder a 3 perguntas torna-se definitivo:


• O que fazer?


• Como fazer?


• Por que fazer?


Se você parar para observar os grandes realizadores, de atletas a empresários bem sucedidos, poderá verificar que todos, sem exceção, possuem performances diferenciadas naquilo que fazem. Todos sabem o que fazer de forma clara e objetiva. Também possuem uma noção exata de como fazer o que deve ser feito. Isto significa que suas estratégias de ação são muito bem definidas. Mas principalmente, sabem por que fazer. A performance de pessoas especiais é sustentada por uma clara e evidente fonte motivacional. Todos eles têm um POR QUE que realmente vale a pena.


Podemos então dizer que performance é o COMPORTAMENTO IDEAL, pois somente ele é capaz de levar o indivíduo aos resultados desejados.


Finalmente, a última “perna” do tripé GENTE MAIS: Resultados. Os resultados são as pontes que nos levam aos nossos objetivos. Em todas as áreas da vida tudo o que mais queremos SÃO RESULTADOS. Por acaso você deseja...


• Um relacionamento feliz onde possa amar e ser amado;


• Dinheiro no banco capaz de suprir com sobras todas suas necessidades e desejos de vida;


• Uma carreira profissional sólida e bem construída;


• Reconhecimento por seu mérito em algum tipo de atividade que te dê destaque;


• Amigos valorosos com quem possa  compartilhar seus melhores e piores momentos;

• Outras realizações inerentes à condição humana...


Se você respondeu SIM às perguntas anteriores na verdade DISSE SIM para o fato de que deseja ardentemente construir resultados em sua trajetória de vida.


 Nossos resultados falam por si só e nos fazem referência perante nossos semelhantes. Há basicamente dois tipos de pessoas no mundo: As que dão desculpas, e as que dão resultados. Você nunca verá um indivíduo que dá desculpas gerando resultados. Tampouco encontrará alguém acostumado a criar resultados dando desculpas. Simples assim!


 Para você compreender melhor o conceito de RESULTADOS, quero me reportar à história de dois agricultores, ambos plantadores de laranjas. Para o primeiro, RESULTADO é a laranjeira dando frutos. Ele faz uma confusão conceitual comum, ou seja, coloca objetivo e resultado como coisas iguais. E não são! Já para o segundo agricultor, RESULTADO é cada etapa vencida no processo de levar a laranjeira ao seu objetivo final: Dar frutos. Portanto, quando ele percebe a terra preparada para o plantio, verifica um resultado. Quando nota que a semente frutificou e um broto rompe o solo, mais um resultado. E assim ele avança em todo um processo que conecta vários resultados até que o GRANDE RESULTADO (Objetivo ou meta) aconteça.


 Resumindo: Pessoas  em EQUILÍBRIO consigo próprias, com seus semelhantes e ambientes, que desenvolvem PERFORMANCES ideais, ou seja, comportamentos sustentados pelos: O que, como e porque fazer, GERAM mais e melhores RESULTADOS. 


Leia Mais em: www.gentemais.com

Postador Gerson Rodrigues

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal