Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » » » » Menores Aprendizes, o futuro de suas empresas



Autor: Heverton Soares

       O Programa Menor Aprendiz  foi criado pelo governo federal brasileiro e dá a chance de trabalho para jovens que ainda não tem experiência para certos tipos de empresas. A dificuldade de conseguir um bom emprego  está cada vez mais difícil e os jovens relatam que é a falta de experiência que atrapalha. Mas o problema é que as empresas não dão oportunidade de se conseguir a tal da experiência. É um contrato especial,  diferenciado, onde há um prazo determinado em que o empregador assegura o aprendiz que deve ter mais de 14 e menos de 24 anos.  Esse trabalhador deve ter uma carga horária de no máximo 6 horas por dia. Com horas extras e prorrogações, a jornada pode chegar ao máximo há 8 horas.

       Todos sabem que a educação e a formação de caráter veem do berço, em casa é que começamos a ser educados, sobre o que podemos fazer e dizer e o que não podemos. Educação que fica ao cargo dos pais ensinarem aos seus filhos. No mundo coorporativo não é muito diferente; e com esse programa especial para menores aprendizes a formação de caráter profissional e a melhor qualificação de seus colaboradores ficaram ainda mais fáceis.

       Com essa oportunidade de começar a trabalhar mais cedo com todos os direitos assegurados, motiva ainda mais os jovens de hoje a ingressarem mais cedo no mundo coorporativo. Que é ótimo para as empresas poderem conhecer melhor a nova geração de profissionais que está surgindo no mercado. A diferença entre os jovens profissionais que estão surgindo e as empresas que os contratam, está em como eles serão preparados para o futuro profissional.

       Fica mais em conta para a empresa formar seus próprios colaboradores, isso seria mais que um plano de carreira. Pois, neste caso é investido no talento de um colaborador ainda jovem, ou seja, a empresa começa a trabalhar e impor a sua filosofia coorporativa desde cedo. Sendo assim, aquele colaborador já se forma com aquela filosofia. Mais isso leva antes de tudo, planejamento, dedicação, perseverança, fé e amor. Todos devem realmente vestir a camisa da empresa.

       Fica a cargo do gestor escolher, em quais dos jovens colaboradores a empresa irá investir, acreditar e formar em suas dependências. Pois, não é possível investir em todos, isso leva tempo e dinheiro, um erro e tudo terá que ser recomeçado. Além do mais, deve-se investir em jovens promissores que demonstrem muito talento e amor pela empresa pela qual trabalham.

       Não é muito fácil encontrar jovens aprendizes determinados e motivados, pois, ainda são muito jovens, precisam amadurecer e isso leva muito tempo e requer muita inteligência emocional. No entanto, os poucos jovens aprendizes que desde cedo demonstrarem talento, motivação e amor pela empresa; estes sim, serão grandes candidatos a permanecerem na empresa e receberem todo apoio e investimento possível para um futuro promissor no mundo coorporativo.

       Existe um fator que faz a diferença entre estes jovens aprendizes, o marketing pessoal deles vai contar muito na hora de uma decisão clara. Aqueles que desde cedo já aprendem que eles não estão trabalhando apenas para a empresa e sim para eles mesmos. Serão considerados jovens prudentes, sensatos e promissores.

Artigo escrito com a colaboração de Patricia Lemos

Segue comentário de uma leitora: Meire Paixão: A jornada de trabalho  do aprendiz é de máximas 6 horas diárias, ficando vedado prorrogação e a compensação de jornada, podendo chegar ao limite de 8 horas diárias desde que o aprendiz tenha completado o ensino fundamental, e se nelas forem computadas as horas destinadas à aprendizagem teórica.

Postador Heverton

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal