Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

Faça de você seu melhor produto

Nos dias de hoje, tão importante quanto estar capacitado é saber vender seu peixe. Entusiasmo, comunicabilidade e satisfação pessoal são características que transbordam empatia e conquistam pontos para o seu network.
Pessoas com esse perfil ascendem mais facilmente na carreira, já que, como é sabido, a maioria dos contatos profissionais é feita via indicação. O consultor e palestrante Wilson Mileris dá dicas de como ser notável e conquistar, assim, satisfação pessoal e profissional. Afinal, para ele, sucesso na vida só advém do equilíbrio entre sete áreas: profissional, financeira, saúde física e mental, social, espiritual e familiar. "Não adianta estar bem em seis áreas e insatisfeito em uma", diz.
Confira agora os dois valores que devem ser bem desenvolvidos para garantir visibilidade, de acordo com Mileris. 
Valores extrínsecos
É o seu aspecto físico, que vai da higiene à boa apresentação pessoal. "Aparência também é fundamental. Mas beleza é algo relativo e até utópico", diz ele. Por isso, lembre-se de que não é preciso estar dentro do protótipo de beleza da sociedade para passar uma boa imagem. "Esteja sempre com a higiene em dia: unhas cortadas, cabelos aparados...". Na hora de se vestir, tente dar seu toque pessoal, mas sem fugir demasiadamente do padrão. "O problema é que alguns toques enfrentam preconceito. Para minimizar os riscos de não demonstrar credibilidade, não passe muito longe do trivial". 
Valores intrínsecos
É sua personalidade e visão de mundo. O consultor cita as "características de um campeão":
- Visão positiva do futuro. Seja visionário, genuíno e rompa barreiras;
- Saber para onde está caminhando, para que as pessoas à sua volta notem que sabe ir para onde quer. "Característica típica de um líder", complementa;
- Admitir que é uma pessoa singular , sem ser egocêntrico. Tenha uma postura compatível com o que você realmente é sem forçar a barra. "Não estereotipe seu comportamento, pois arquétipos sempre acabam desmoronando".
- Cuidado com o exibicionismo. Não confunda marketing pessoal com exibicionismo explícito. "A pessoa não precisa 'empavonar-se' para ter brilho. Os bons líderes não precisam ficar cacarejando";
- Pró-atividade, sempre . Termo dos mais utilizados nos dias de hoje para definir um profissional de sucesso, a pró-atividade de uma pessoa é notada por todos ao seu redor. "O pró-ativo pede jogo, cobre os parceiros no trabalho. É marketing pessoal genuíno, exemplar". 
Tímidos também têm vez
O fato de uma pessoa não ser tão extrovertida como manda a cartilha não a impede de se destacar profissionalmente. Você pode virar o jogo a seu favor com esforço e dedicação. "Timidez é algo inerente à pessoa, você não muda. É diferente de insegurança, característica daqueles que só sabem ser liderados, coadjuvantes". Se você faz parte desse time, o consultor recomenda algum tipo de tratamento para tirar a "couraça do corpo". "Teatro, dança, artes cênica, tudo isso ajuda a pessoa a aprender a ocupar espaço". Ele concorda com a teoria reichiniana de que o corpo é reflexo da mente e vice-versa. "Pessoas muito introvertidas possuem tanto enrijecimento muscular como mental". Portanto, invista em métodos que explorem seu potencial comunicativo. "O treinamento contínuo ajuda a romper essas barreiras".
Fonte: http://carreiras.empregos.com.br/carreira/administracao/planejamento/241005-marketing_pessoal.shtm

Postador Roberta Martins

Vanderlei Moraes, cursa MBA em Gerenciamento de Prjetos pela FGV, MBA em Desenvolvimento de talentos e formado em Administração pela UEPR. Tem 26 anos, gosta de uma boa conversa, organizado, curioso e nada conservador. É criador, administrador e autor no Portal Gestão de Pessoas.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

2 comentários:

  1. Um empregador tem direito de demitir um funcionario com motivos próprios dando a ele varias advertências e suspençoes e no fim das suspenções alegar abadono de emprego ,demitindo-o por justa causa? Aguardarei respodtas

    ResponderExcluir
  2. Um empregador tem direito de demitir um funcionario com motivos próprios dando a ele varias advertências e suspençoes e no fim das suspenções alegar abadono de emprego ,demitindo-o por justa causa? Aguardarei respodtas

    ResponderExcluir

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal