Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » O esmorecimento do bom colaborador


 Autor: Heverton Soares

O bom colaborador é aquele que se sente bem e feliz com a sua vida e seu trabalho, e traz resultados para sua organização.

Para nos realizarmos profissionalmente é preciso estar bem pessoalmente, quem não sente bem e feliz, com certeza terá seu lado profissional ‘’abalado’’ como pessoas nós estamos sujeitos aos sentimentos, atitudes, ações e consequências de nossas escolhas.

Sentimentos: amor, alegria, felicidade, ódio, raiva e tristeza.
Atitude: disposição interior que impulsiona á fazer algo, á coloca-lo em prática.
Ações: agir e praticar aquilo que aprendemos ou acreditamos ter aprendido.
Consequências: são os resultados de nossas escolhas.

Entende-se que, o nosso pessoal e social interferem diretamente nos resultados alcançados em nosso trabalho, o nosso lazer e forma como interagimos socialmente estão ligados à realização profissional.

Para a empresa sempre é bom ter pessoas que trazem resultados, mas, existem alguns gargalos nessa questão, chamados, valorização e cobrança. Quando seguem nesta ordem tudo vai de ‘’ vento em polpa’’ mas, se a ordem for alterada, os problemas irão surgir e quando não observados e resolvidos a tempo, poderão gerar insatisfação e desligamento.

O bom colaborador quer ser valorizado, elogiado, reconhecido, oportunidades de crescimento e ganhar mais. No entanto, a cobrança em cima de quem é bom e traz resultados quase sempre vem antes de toda esta valorização, por isso veio a existir um gargalo. Porque primeiro o bom colaborador é cobrado e exigido e só depois as suas qualidades e competências são avaliadas. Isso esmorece qualquer pessoa!

Acredita-se que, um colaborador deve além de trazer resultados deve continuar a trazê-los em qualquer área de atuação, por esse motivo alguns gestores gastam muito mais tempo que o necessário avaliando todos os resultado e comportamento para só depois promover alguém.

O esmorecimento começa a partir do momento que a pessoa sabe que está trazendo resultados surpreendentes e não se sente valorizada, reconhecida e não ver na organização lugar para se desenvolver mais. Tudo que ela houve são cobranças e exigências, prazos para cumprir tarefas, tarefas que ainda não foram concluídas, enfim um acúmulo de informações.

As pessoas necessitam de valorização, reconhecimento, elogios, agradecimentos e oportunidades para mostrarem do que realmente são capazes.




Postador Heverton

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal