Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » Autodesenvolvimento


Autor: Heverton Soares

O processo de autodesenvolvimento é onde as pessoas começam a desenvolverem suas capacidades atuais e adquirir novas habilidades.

Observem um atleta que participa apenas de uma modalidade esportiva, a corrida, mas tem o desejo de competir no Triatlo, onde os competidores participam de três modalidades que são: Corrida, corrida de bicicleta e natação. Este atleta terá que aumentar a sua capacidade física que são: Força e resistência e adquirir novas habilidades; correr de bicicleta e nadar, lembrando que, correr de bicicleta não é o mesmo que andar e nadar não é só bater os braços na água.

Existem técnicas que os competidores dessas modalidades conhecem e adquirem conforme sua experiência. É necessário saber á hora certa de diminuir o ritmo e aumentá-lo, o corpo humano não é uma máquina e necessita de descanso... Pequenos intervalos para respirar profundamente, tomar água e se manter emocionalmente equilibrado, pois, o fator ansiedade pode atrapalhar e muito, o desempenho do atleta.

Para se autodesenvolver é crucial se conhecer e aceitar quem você é, a maioria das pessoas passa a maior parte da vida se engando, “fantasiando a sua própria realidade”. Afirmando ser alguém que está anos luz de ser, ter experiência em uma determinada atividade, mas, tudo que tens é apenas teoria.

A humildade está presente no processo de autodesenvolvimento como o primeiro degrau da escada, se não aceitar quem é e que necessita melhorar e muitas das vezes da ajuda de outras pessoas, não terá êxito. Para desenvolver sua capacidade é preciso aceitar que você tem potencial para fazer algo melhor e não está fazendo, necessita de novas habilidades para atingir um nível superior e não as possui.

O processo de autodesenvolvimento requer além de humildade; paciência e muito compromisso. É necessário seguir em frente em saltar nenhuma etapa ou antecipá-la. À medida que for se autodesenvolvendo é que se vai aumentando os níveis de dificuldades e buscando novos meios treinamento. O importante não é possuir uma capacidade sobre-humana ou incontáveis habilidades, mas possuir o necessário para uma vida melhor e mais feliz.

O autodesenvolvimento é pessoal, você pode até ensinar o caminho para uma pessoa, mas, se ela mesma não tiver vontade de seguir em frente e desistir... Em vão ensina o caminho.
 




Postador Heverton

Vanderlei Moraes, cursa MBA em Gerenciamento de Prjetos pela FGV, MBA em Desenvolvimento de talentos e formado em Administração pela UEPR. Tem 26 anos, gosta de uma boa conversa, organizado, curioso e nada conservador. É criador, administrador e autor no Portal Gestão de Pessoas.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal