Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:


Autor: Heverton Soares

O apontador é aquele colaborador que “não conhece o espelho”, vê os erros e defeitos de todo mundo, exceto os dele próprio.
Este tipo de colaborador é conhecido por causar a desordem e tirar constantemente a paz no ambiente de trabalho. Ele dispensa a harmonia, educação e empatia, mas, se sente bem consigo mesmo por acreditar que está ajudando todos os colegas de trabalho a saberem o que os outros pensam ou estão falando deles.

O apontador não só “leva e traz conversas” como também aponta quem está errado na visão dele, e conta a sua própria versão tentando persuadir os que estão com ele com o fim de se sentir útil para a organização.

O maior problema que esse tipo de colaborador continua aumentando dentro das empresas; porque ele é aceito pela maioria dos gestores, ele passa o dia com seus colegas de trabalho, ouvindo e falando com eles e está a par de tudo que acontece, e isso facilita muito a troca de informações entre gestores e “apontadores”.

Mas se o apontador é considerado um causador de contendas, porque ele segue trocando informações com seus superiores? Simples, porque muitos colaboradores “gostam de ver o circo pegar fogo” e sabem que falando algo para o apontador logo ele espalhará pela empresa. E como muitas pessoas uma vez prejudicadas tendem a revidar, este tipo de pessoa segue com sua rotina porque não lhe falta assunto.

Existem dois modos de se “livrar” do apontador, o primeiro é desligando-o da empresa, o segundo é um longo processo de educação profissional e relacional. Um processo onde o gestor se reúne apenas com o apontador; e lhe explica o que ele está fazendo e quais são as consequências de suas ações.

É sempre bom ressaltar que, cada caso é um caso, cada gestor tem a sua maneira de ver e resolver os problemas dentro da empresa, e que cada colaborador tem um valor específico para a organização. Lembrando que é mais sensato sentar e conversar do que punir, contratar custa mais que preparar e cuidar do seu próprio capital humano.

Postador Heverton

Vanderlei Moraes, cursa MBA em Gerenciamento de Prjetos pela FGV, MBA em Desenvolvimento de talentos e formado em Administração pela UEPR. Tem 26 anos, gosta de uma boa conversa, organizado, curioso e nada conservador. É criador, administrador e autor no Portal Gestão de Pessoas.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal