Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » Caixa de sugestões vale ou não a pena?


 
Autor: Heverton Soares

É muito comum vermos aquelas famosas caixinhas de sugestões nas empresas, é uma forma simples e prática de interagir com os clientes internos e externos, mas, vale ou não a pena?
 

A caixa de sugestões induz as pessoas a compartilharem aquilo que elas gostariam de ver ou que tivesse na empresa, e elas vão procurar isso, sabia? A partir do momento que uma pessoa dá uma sugestão e oferece uma mudança, ou seja, algo novo para a empresa, com certeza ela vai procurar por aquilo que ela sugeriu na próxima vez que ela voltar. Caso ela não encontre na primeira vez que voltar, vai procurar na segunda e na terceira, porém, ela pode se cansar e não sugerir mais nada ou pior, deixar de frequentar a sua empresa.

Quando uma empresa coloca a disposição dos seus clientes uma caixa de sugestões, ela abre as portas “á vontade do cliente”, no momento eles ficam motivados, porque acreditam que as coisas vão mudar, e se isso não acontecer, eles não tem mais motivos para sugerirem “nada”, porque “nada” será feito mesmo.

Para evitar que a sua caixa de sugestões fique vazia ou receba apenas reclamações, é preciso mostrar para os clientes internos e externos que a sua voz está sendo ouvida, avaliada e atendida na medida do possível.

Este termo se aplica dessa forma: É preciso informar a todos que, uma sugestão foi lida, avaliada, aceita e colocada em prática pela empresa. As pessoas necessitam saber que aquela caixa de sugestões não está ali apenas de enfeite, e sim para interagir e auxiliar para a criação de um ambiente agradável de frequentar e trabalhar.

Mas é essencial que este aviso seja explícito, porque uma empresa é frequentada por dezenas, centenas e até milhares de pessoas por dia dependendo do seu segmento, e aqueles que estão indo pela primeira vez, precisam saber que ali a sua voz é ouvida, e precisam saber disso desde a primeira vez que frequentarem a sua empresa.

O aviso pode ser feito através de cartazes, banners ou até mesmo anunciado por alguém em alto falantes e microfones, mas, o que realmente importa, não é como esse anúncio vai chegar aos clientes e sim, que ele chegue até eles.

Quando a empresa e o gestor estão em total sincronismo, e realmente estão dispostos a analisarem e colocarem em prática sugestões dadas por seus clientes internos e externos, vale sim a pena colocar uma caixa de sugestões, mas, se não estiverem em sincronismo, ou não estiverem dispostos a fazerem mudanças, não é recomendável usar esse recurso.
 

Agora você decide, vale ou não a pena usar a caixa de sugestões?




Postador Heverton

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal