Boletim Informativo

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos informativos:

» » » » » » » A chave que você precisa virar para aumentar suas chances de ser contratado


Ao longo dessa última semana recebi vários e-mails sobre carreira, e muitos deles sobre processo seletivo, acredito que a maior fonte de ansiedade para quem está procurando colocação no mercado de trabalho, e uma das perguntas que me chamaram atenção foi esta: “OK, sei meu sonho, já tenho definido o caminho que quero trilhar, como faço para convencer o entrevistador a colaborar com esse sonho?”

Achei sensacional e vou responder por aqui!

Com certeza essa pessoa está se referindo à entrevista de seleção, e para chegar até ela um caminho muito assertivo já foi trilhado: cursos, experiências, selecionar empresas e oportunidades de emprego disponíveis, avaliar quais se encaixavam no perfil e construir um currículo chamativo... tudo isso contribuiu para ser selecionado (a) para uma entrevista, e agora? O que dizer para esse ser que está te analisando?

Por longos anos da construção da minha história profissional, eu era esse ser que analisava! E hoje ajudo pessoas a se prepararem para esse processo e a coisa mais importante a ser feita é virar uma pequena chave: a entrevista não é sobre você!

As pessoas geralmente se preparam para a entrevista para serem analisados, com medo que o entrevistador descubra seus maiores segredos e não os aprove. Essa postura causa nervosismo e geralmente damos muita atenção para o que não devemos falar... e imagina o que sai na hora da entrevista: exatamente tudo o que a gente se preparou para não dizer!

Não estou dizendo que esse comportamento acontece com todo mundo, e nem que um pouco de nervosismo na hora da entrevista não é considerado normal pelo entrevistador, mas grande parte das pessoas acabam “desvendendo” sua imagem na hora da entrevista.

O mais importante nesse momento é perceber que a entrevista é sobre a oportunidade que a empresa oferece, e nesse sentido, o que você tem que agrega vantagens a essa função? Muitos recrutadores vão perguntar sobre você e sobre sua família e você vai acreditar que ele está interessado em desvendar seu histórico, mas não, ele quer saber como você se relaciona e como se comporta, isso dará indícios sobre como será seu comportamento e relacionamento dentro da empresa.

Por isso, qual a melhor preparação para o processo seletivo? Prepare-se para contar histórias! Sim, suas próprias histórias, enfatizando aquilo que gera vantagem para a oportunidade que está pleiteando. Conte as situações que você conseguiu ter ideias criativas em outros empregos, reduzir custos, liderar pessoas, aumentar resultados, etc.

Aproveite também o momento para perguntar, e lembre-se: não é sobre você! A entrevista de emprego não é o momento para perguntas como: Faz muita hora extra? O horário é flexível? As férias são individuais ou coletivas?...  Impressione o entrevistador mostrando interesse genuíno pela oportunidade com perguntas como: Qual o principal problema que vocês querem sanar com essa contratação? Quantas pessoas estão envolvidas com esse resultado que vocês querem? Quais sistemas vocês usam para gerir esse processo? Etc.

Espero ter contribuído com vocês! Continuem enviando dúvidas sobre carreira para o e-mail ana.iecher@autemdh.com.br!

Um grande abraço!



Postador Ana Caroline Iecher

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Primeiramente obrigado por acessar o Portal Gestão de Pessoas, e por participar deixando seu comentário ou pergunta.

Caso seja necessário estaremos moderando e respondendo seu comentário e/ou pergunta. Seja cordial no que escrever e veja se sua dúvida já não foi questionada e respondida em outros comentários ou artigos no site.

Agradecemos sua visita e volte sempre!

Vanderlei Moraes
Administrador do Portal